Abrir uma franquia? Faça a lição de casa antes!

Abrir uma franquia? Faça a lição de casa antes!

De acordo com pesquisa do Global Entrepreneurship Monitor, o terceiro maior sonho do Brasileiro é ter seu próprio negócio. Só perdendo para o sonho da casa própria e o de viajar pelo Brasil.

Portanto, quando o assunto é trabalho, a primeira preferência do brasileiro é o empreendedorismo.

Segundo a mesma pesquisa, enquanto que 31% dos brasileiros querem montar seu próprio negócio, apenas 16% querem crescer dentro de uma empresa.

 

Riscos

Empreender, entretanto tem seus riscos.

Segundo o estudo do IBGE, Demografia das Empresas, realizado em 2013, mais da metade das empresas fundadas no Brasil fecha as portas após quatro anos de atividade.

Além do próprio preparo de quem quer empreender, elementos fora do controle do empreendedor como os ciclos econômicos, crises políticas e avanços tecnológicos podem impactar drasticamente o sucesso de uma empresa.

Tanto para o bem quanto para o mal.

 

Empreender minimizando riscos?

Uma alternativa para empreender e ao mesmo tempo minimizar seus riscos procurada por muitas pessoas são as franquias.

O número de interessados no franchising cresceu muito nos últimos 10 anos e hoje,  feiras de franquia chegam a contar com mais de 60.000 visitantes.

O perfil do aspirante a franqueado é dividido basicamente em dois grupos.

O primeiro, é composto por pessoas que buscam uma franquia para ser sua principal fonte de renda e o segundo, visualiza a franquia como uma alternativa para investir seu capital e obter um bom retorno.

Segundo a Associação Brasileira de Franchising, em 2016, o faturamento do setor aumentou 8,3%, e o número de franquias no Brasil cresceu 3,1% e chegou a 142.593 unidades.

Ainda de acordo com a ABF, são 3.039 marcas expandindo através de franquias, ou seja, opções de franquias não faltam.

 

Mas afinal, será que as franquias são um investimento seguro?

Com tantas opções no mercado, o primeiro desafio para empreender com franquias é como escolher a franquia certa.

Escolher uma franquia passa tanto por identificar o perfil e objetivos do empreendedor/investidor e também, como escolher uma marca idônea e que tenha um modelo de negócio de sucesso.

Segundo Maria Luiza Brufatto, coach profissional e Diretora da Franquiaz, empresa especializada na seleção de franqueados, “investir em franquias é um caminho atraente e com certeza mais fácil e seguro do que empreender por conta própria. Mesmo assim, abrir uma franquia demanda certo preparo e pesquisa prévia para não errar a mão”.

Apesar da segurança extra que o franchising proporciona ao empreendedor, a franquia também oferece riscos. “Conhecemos histórias de franqueados que investiram todo seu capital em um negócio que acabou quebrando. Independente se a falha foi do franqueador ou do próprio franqueado, o resultado é desastroso”, complementa Maria Luiza.

 

Abrir uma franquia com segurança

Para evitar casos de insucesso no franchising como esse, a FranquiaZ criou um programa exclusivo para quem quer abrir uma franquia.

O programa, chamado Empreendendo com Franquias, é um misto de coaching com consultoria para quem quer abrir uma franquia.

De acordo com Diego Simioni, Diretor Geral da FranquiaZ “além de fazer a pessoa refletir se de fato a franquia é uma opção que faz sentido e ajudar a pessoa a descobrir por si mesma em qual segmento ela deve empreender, através do Empreendendo com Franquias, nós levamos instrutoria para participante do programa. Ou seja, ensinamos o interessados a avaliar qualquer franquia do mercado e como descobrir se ele estará fazendo um bom negócio para seu futuro”.

O programa de aconselhamento para empreendedores da FranquiaZ dura em média um mês e é composto por sessões semanais individuais que podem ser realizadas presencialmente ou através de reuniões online.

 

Programa Empreendendo com Franquias

 

Longo prazo

Todos esses cuidados são importantes pois investir em uma franquia é um caminho de longo prazo. “A maioria dos contratos de franquia são de 5 anos” aponta Simioni. “Isso significa que você precisa tomar uma decisão planejada, pois além do dinheiro, você deverá se dedicar a essa atividade por um bom período”, complementa Simioni.

A própria Lei 8.955, conhecida como lei de franquias, estimula o interessado a refletir sobre a compra antes de assinar qualquer contrato.

A lei estabelece que o interessado deve receber uma Circular de Oferta de Franquias (COF), que descreve os detalhes da franquia na qual interessado.

Este documento deve detalhar quais são os investimentos necessários para abertura da franquia,  quais são as taxas que o futuro franqueado deverá pagar, qual o perfil do franqueado e quais atividades deverão ser desempenhadas na franquia.

 

Lição de casa

Portanto, a dica para quem busca abrir uma franquia é: faça a lição de casa e, se puder, busque ajuda de quem entende do assunto.

Dessa forma, as chances de você ficar satisfeito com sua franquia serão altas.

Diego Simioni
Diego Simioni
Empreendedor, CEO do FranquiaZ e nas horas vagas caçador de oportunidades de negócio.

1 Comentário

  1. Assim Como comentei embaixo eu gostaria de fazer parte e ser um grande empreendedor e fazer parte desta família tinha que vir esta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CANSADO DE CONTEÚDOS SUPERFICIAIS?

Receba conteúdos e materiais REALMENTE ÚTEIS sobre franquias

Fique tranquilo, não faremos SPAM e nem venderemos seu email.