Qual o valor a ser investido em uma franquia?

Quando você pensa em abrir seu próprio negócio, empreender com franquia acredito que um dos primeiros questionamentos seja: “Mas será que eu tenho dinheiro para isso?”.

Vamos lá então falar um pouco do quanto você precisa.

 

Total de investimento necessário em uma franquia

Em primeiro lugar, conhecer o total do investimento necessário para montar o negócio.

O franqueador tem o demonstrativo, a planilha de tudo que você vai gastar.

Móveis, pintura, obra civil, equipamentos, material escritório, estoque e tantas outras coisas que compõem o montante total que você precisa.

Mas você tem que ter TODO o dinheiro?

A resposta correta seria SIM, pois assim você iniciaria sua vida empresarial investindo o seu dinheiro sem contrair dívidas.

Mas caso lhe falte uns 15 ou 20% do total necessário, há instituições bancárias com pacotes de financiamento específicos para franquias com carência de até 6 (seis) meses para iniciar o pagamento das mensalidades do empréstimo bancário.

Consulte o franqueador se a marca dele já tem este caminho pré-aprovado para você.

Uma grande maioria já tem tudo estudado e analisado se o valor mensal a ser pago pelo financiamento, se encaixa no fluxo das despesas do negócio em questão, sem prejudicar sua rentabilidade.

 

banner-coaching-franquias

 

Capital de giro para franquia

Mas quando falamos da saúde financeira de um negócio, além do total do investimento você tem que dispor de um montante – o valor geralmente é informado pelo franqueador – de capital de giro.

Mas para que falam tanto da importância do capital de giro?

Esse capital vai ser sua segurança nos primeiros meses de operação para que os custos fixos do negócio sejam pagos, independente do que você já está faturando.

 

Lembre-se: a maioria dos novos negócios não vende nos primeiro meses o suficiente para pagar os custos e despesas do negócio, como folha de pagamento, os royalties para o franqueador, impostos, produtos, etc., etc.

 

E as suas contas?

E acabou? É isso tudo que devo ter em dinheiro?

Opa! Ainda não. Há mais uma conta muito importante que não pode ser esquecida.

Ou melhor – aS contaS – do seu dia a dia.

Isto mesmo!

Seus gastos pessoais, escola do filho, alimentação, plano de saúde, água, luz, condomínio e tantas outras contas que não poderão contar para serem pagas com o faturamento dos primeiros meses do negócio, verdade?

Mas não se assuste com todos estes valores. A ideia aqui é ajudar você a se planejar.

Assim, quando você elaborar seu planejamento financeiro, a escolha e compra de uma franquia será bem mais facilitada e o sucesso menos incerto.

 

Aprenda tudo aquilo que ninguém lhe conta sobre Franquias

Maria Luiza Brufatto
Maria Luiza Brufatto
Palestrante, Especialista em gestão de vendas, com forte atuação no comercial de empresas nas áreas de Varejo, Arquitetura e Construção Civil, Indústria, Atacado e Franchising.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CANSADO DE CONTEÚDOS SUPERFICIAIS?

Receba conteúdos e materiais REALMENTE ÚTEIS sobre franquias

Fique tranquilo, não faremos SPAM e nem venderemos seu email.