Qual é a melhor franquia para investir?

Melhor franquia para investir. Ela existe?

Uma pergunta que ouço a todo tempo de familiares ou de amigos em qualquer evento quando falo que tenho uma empresa que trabalha com venda de franquias é a seguinte:

Quais são as melhores franquias para investir?

Ou ainda, algumas variações dessa pergunta como por exemplo:

Quais são os bons negócios de franquia que estão dando um bom dinheiro?

Ou essa:

Se você tivesse que comprar uma franquia para empreender, qual seria?

Na realidade, a resposta correta é: depende do seu perfil!

Calma, eu sei. “Depende” não é exatamente a resposta que você queria ouvir.

Fique tranquilo, não se irrite com essa resposta, nesse artigo ajudarei a colocar você no caminho correto para escolher uma franquia que tem a ver com seu perfil.

 

OK, Diego excelente mas conta logo. Afinal, qual é a melhor franquia para investir?

A verdade é que, eu mesmo já me irritei algumas vezes quando tentei responder a famigerada “pergunta das melhores franquias”.

Muitas vezes, quando era questionado sobre qual era a melhor franquia do mercado e arriscava responder logo de cara e, para minha surpresa, normalmente ouvia alguma objeção em relação ao negócio que estava propondo.

Por exemplo, se respondesse a pergunta citando uma marca de franquia no segmento de alimentação saudável, falando da tendência de mercado e das oportunidades do setor, ouvia rejeições como: “nossa, imagine gerenciar o estoque de produtos perecíveis, deve ter muita perda, acho que não é para mim”.

Em outra ocasião em um encontro de amigos, quando era novamente questionado sobre qual a franquia ideal para investir, tentava outra abordagem, e sugeria uma franquia diferente, por exemplo, uma franquia no setor beleza e estética. Adivinhe o resultado?

Outra objeção.  

“Que tal então, uma nova oportunidade de franquia no segmento automotivo?” Dizia eu.

Como resposta, recebia mais uma objeção.

objecao-franquia

 

Foi então que notei um padrão.

Em média, eu tinha que citar entre três a cinco modelos de negócio de franquia diferentes para que a pessoa então retrucasse:

“Hmm…. acredito que essa franquia deve ser interessante. Me conte um pouco mais sobre ela. Quanto ela fatura…?”

Foi então que comecei a perceber que não adiantava eu citar uma boa franquia.

De nada adiantava também falar sobre como a marca era interessante, o produto era excelente, o mercado para essa franquia estava em alta, ou quão lucrativa era essa franquia e que ela  apresentava um bom retorno sobre o capital investido.

Finalmente então percebi que a pergunta não era assertiva. O que a pessoa estava realmente querendo saber era “qual é a melhor franquia para mim”.

Foi então que mudei minha abordagem.

Ao invés de responder qual é a melhor franquia, primeiro é fundamental entender qual é o perfil da pessoa e objetivo pelo qual ela estava interessada em comprar uma franquia.

A verdade é que a melhor franquia para um, não é necessariamente a melhor franquia para o outro.

Isso significa que em quantos uns sonham em ter uma franquia Cacau Show, ou uma franquia Subway, outros encontrariam 10 objeções para mostrar como essas franquias não são boas opções, e diriam que  boas oportunidades de negócio são franquias de estética e que  “sem dúvida nenhuma, uma franquia de depilação é a opção certa, pois é muito fácil de administrar e ao lado de minha casa tem uma que vive lotada ”.

Portanto, facilitar a sua busca, ao invés de seguir a rota tradicional e filtrar franquias por valor do investimento ou por segmento, não me restringirei as dicas tradicionais para escolher a melhor franquia.

Acredito que uma visão superior e que ajudará a facilitar a sua busca é entender qual é o objetivo da sua busca por franquia.

Aliás, encontrar a franquia ideal não é tarefa fácil. Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), existem quase 3.000 marcas de franquia no Brasil.

 

grafico-unidades-franquias

Além do grande número de marcas de franquia, a diversidade de segmentos é grande. A ABF divide as franquias em 20 segmentos diferentes, e ainda assim, são segmentos amplos e que alguns casos, agrupam franquias bastante diferentes

Entretanto, não se desespere com a grande diversidade de franquias disponíveis. Fazendo uma busca inteligente, é possível reduzir as opções a um número gerenciável.

Se você tiver grande dificuldade, existem trabalhos de coaching personalizados que podem ajudá-lo a encontrar a franquia certa.

Aliás muita gente se interessa pelo franchising mas poucas pessoas acabam de fato abrindo uma franquia.

Nesse momento não irei me estender nesse assunto pois isso é tema para outro artigo mas, na minha visão, uma das razões é que a grande diversidade franquias pode se tornar sufocante para o interessado e até mesmo desmotivá-lo a prosseguir com o sonho de abrir uma franquia.

Com um pouco de sorte e com a ajuda desse artigo, você não será uma delas.

 

Aliás muita gente se interessa pelo franchising mas poucas pessoas acabam de fato abrindo uma franquia. Com um pouco de sorte e com a ajuda desse artigo, você não será uma delas.

 

Como encontrar a franquia certa para seu objetivo

Na minha experiência, percebi que existem em torno de 8 ou 10 perfis diferentes de pessoas que buscam franquias.

Apesar de ter mapeado esses diferentes perfis, é possível simplificar as coisas se abordarmos quais são os principais objetivos (ou motivadores), para comprar uma franquia.

As chances são grandes que você identifique seu objetivo em um dos três abaixo:

  1.      Procuro uma franquia para ser minha principal fonte de renda
  2.      Procuro uma franquia para minha esposa / marido ou para meu filho ou filha
  3.      Procuro uma franquia para ser uma fonte adicional de renda

Objetivos diferentes merecem diferentes abordagens portanto, seguem algumas dicas para comprar um franquia de acordo com cada um deles:

 

Aprenda tudo aquilo que ninguém lhe conta sobre Franquias

 

 

1. Procuro uma franquia para ser minha principal fonte de renda

Para quem busca uma franquia que seja a principal fonte de renda, é fundamental procurar algo que esteja alinhado ao seu campo de interesse.

Muitas pessoas enxergam na franquia uma oportunidade para ganhar o máximo de dinheiro possível e, ao mesmo tempo, se livrar do seu chefe e tornar-se dono de seu próprio destino.

Embora essa visão seja respeitável, se você procura uma franquia para ser sua principal fonte de renda, as chances são altas que você irá trabalhar diretamente no negócio.

Isso significa que, é fundamental que busque algo que você goste de fazer.

Nesse caso, um ponto de partida inicial é buscar franquias de produtos e serviços que você goste, ou até mesmo, que seja um consumidor desse produtos e serviços.

Por exemplo, se você tem afinidade com animais, porque não começar procurando uma franquia de pet shop?

Ou ainda, se você adora o assunto “beleza e saúde”,  já pensou em adquirir uma franquia de estética?

Do mesmo modo, se você é adepto a alimentação saudável, ou admira o conceito e gostaria de estar envolvido nesse negócio,  você pode buscar no Google por exemplo, o termo “franquia de alimentação saudável”.

As chances são altas de que você irá encontrar alguma franquia relacionada com seus interesses.

E convenhamos, nada melhor do que trabalhar em algo que você gosta, certo?

Em alguns casos, você pode estar satisfeito com a área que atua e portanto se sentir confortável em procurar algo relacionado ao seu segmento. Essa é outra forma de buscar uma franquia.

Para citar alguns exemplos:

  • Se você atua na área de gestão empresarial, pode por exemplo, procurar uma franquia de consultoria de gestão empresarial;
  • Se você atua no segmento de transporte de cargas, pode buscar uma franquia de rastreamento de veículos;
  • Se você atua ou tem relacionamento no segmento de móveis e decoração, pode pensar em buscar uma franquia de colchões ou uma franquia de decoração;
  • Se você é fã de moda, que tal buscar uma franquia de roupas ou uma franquia de acessórios femininos?

Então, mãos a obra, faça você mesmo!

Digite agora mesmo no Google “franquia de” e complemente a frase com algo que você gosta, acha o serviço interessante ou tem algum relacionamento no segmento ou já atuou nele.

Monte uma lista com 5 a 10 segmentos que você encontrou e que tem boas de marcas de franquia.

Mas espere, você ainda não acabou!

 

Fuja de suas próprias armadilhas

Uma vez que você identificou uma pequena lista de segmentos, digamos com 5 a 10 opções,  que você desejaria atuar, agora vem a parte mais difícil e que demandará do seu poder de imaginação.

Crie uma tabela e coloque cada um dos segmentos em três colunas:

  1. Eu  me imagino trabalhando com isso
  2. Eu definitivamente não me imagino trabalhando com isso
  3. Eu ainda não sei dizer nem que sim, nem que não

franquia-avaliacao-segmentos

 

Esse exercício mental é fundamental.

Você deve se imaginar no dia a dia do negócio, acordando e indo trabalhar. Coloque-se na posição de dono do negócio e não mais de uma pessoa que gosta ou que já atuou em atividades semelhantes.

Imagine-se indo trabalhar naquela franquia. Como seria? Como o dia a dia da operação se relaciona com suas fortalezas e fraquezas pessoas? Quais tarefas você gostaria e não gostaria de fazer (dica: não existe nenhum bom negócio, por mais adequado que ele seja ao seu perfil que terá apenas atividades que você gosta de fazer)

Para ajudar-lhe aqui vão algumas perguntas para ajudar na sua imaginação.

Para cada pergunta, responda se essa atividade é necessária no tipo de franquia que você escolheu. Caso a resposta seja positiva, imagine-se realizando a atividade, com o maior detalhe que sua imaginação permitir:.

  • Você teria que atender clientes?
  • Negociar com fornecedores?
  • Gerenciar estoques?
  • Trabalhar na execução do serviço ou no preparo do produto?
  • Prospectar ativamente parceiros e clientes?
  • Gerenciar pessoas?
  • Trabalhar aos fins de semana ou fora do horário comercial?

Como é mais fácil saber aquilo que não queremos, provavelmente, ao final desse exercício você terá a maior parte dos segmentos de franquia que você havia pré-selecionado na lista de franquias que você não se imagina trabalhando e na lista de “ainda não sei”.

Descarte tudo o que você colocou na lista “definitivamente não me imagino trabalhando” e guarde apenas os tipos de franquia que você colocou nas outras duas listas.

 

banner-coaching-franquias

 

Agora vem a parte das marcas….

Você deve ter notado que até agora me referir sempre a segmentos de franquia ou tipo de atividades.

Isso porque, para cada tipo de franquia que você listou, chances são de que existam mais de uma marca no mercado.

O próximo passo agora é criar uma lista de marcas  para cada tipo de franquia que você manteve nas listas de que você se imagina trabalhando e na lista que você “não tem certeza”.

Se você já conhece alguma marca dentro do segmento ou tipo de franquia que identificou, melhor. Para complementar a lista, novamente, utilize a ajuda do Google.

 

Saindo da toca

Até agora você realizou algumas buscas na internet, montou listas e utilizou sua imaginação para imaginar o tipo de franquia que faz sentido para você. Agora é hora de sair da toca!

Primeiro, pesquise o site das marcas que você listou e verifique alguns dados básicos, como por exemplo, qual é o valor do investimento inicial da franquia. A maioria delas divulga o valor de investimento necessário na sessão do site “franquias’ ou em “seja um franqueado”.

Procure algo que caiba no seu bolso ou no bolso de familiares ou amigos que lhe ajudarão a realizar o investimento.

Se o valor do investimento estiver muito acima de suas possibilidades, descarte a marca.

Eventualmente, se você encontrar valores próximos ao que você pode investir, você pode avaliar a possibilidade de utilizar um financiamento para comprar uma franquia.

Algumas marcas, inclusive,auxiliam o franqueado na obtenção de investimento para parte do capital. Nesses casos, normalmente é necessário que você tenha no mínimo 60% do capital necessário para investir.

Uma vez em contato com a marca, avalie os materiais que ela enviará, converse com os representantes da empresa e agende uma reunião.

Aproveite a reunião e faça perguntas explorar o dia a dia do negócio e peça ao franqueador para conhecer o dia a dia da operação.

Isso será útil para você entender se tem afinidade com o negócio ou não. Além disso, será a oportunidade para confirmar se a sua imaginação estava correta quando colocou classificou na lista de segmentos de franquia nos quais se imaginava trabalhando ou ainda, naqueles que você tinha dúvidas sobre isso.

Se você quiser ainda mais dicas de sobre como se preparar para a reunião com o franqueador, assista um vídeo aqui.

 

 

2. Procuro uma franquia para minha esposa / marido ou para meu filho ou filha

Com as dificuldades do mercado de trabalho e a preocupação com o futuro dos familiares uma situação que é muito comum no mercado de franquias é a compra de uma franquia para um familiar.

Pais querem comprar uma franquia para ou filho ou filha, maridos querem comprar uma franquia para esposa e vice-versa.

 

Ajudar sim, impor jamais

Se você procura uma franquia para alguém da sua família a primeira coisa que você deve fazer e entender quais são as aspirações dessa pessoa para qual você irá financiar a compra da franquia.

A primeira pergunta que você deve fazer é a seguinte: essa pessoa realmente quer gerenciar uma franquia?

Pode parecer elementar mas não é. Na ânsia de encontrar um trabalho para alguém querido, muitas vezes, a “solução de comprar uma franquia” é quase que imposta sem pesar as devidas consequências.

Após certificar-se de que seu familiar realmente tem interesse em uma franquia, é hora de você entender com a pessoa quais são os segmentos e negócios com os quais ela tem afinidade.

 

franquia-ajuda-familiares

Nessa hora, entendo que sua vontade será interferir e sugerir(ou impor) um ou outro tipo de negócio afinal o dinheiro é seu, não é mesmo? Entretanto, sugiro que você deixe a pessoa a vontade para dizer aquilo que realmente tem afinidade.

De nada adianta você querer abrir uma franquia de sapatos, quando seu filho não quer nem ouvir falar do assunto, e adoraria ter uma franquia de suplementos alimentares.

Diante das várias opções de franquia no mercado, chances são de você encontrará um bons negócios no segmento de franquia escolhido.

Aqui as dicas que ofereci para encontrar a melhor franquia no tópico 1 deste artigo para o perfil da pessoa passam a ser válidas.

É claro que você não precisa ser passivo nessa história.

Ajude seu familiar a descobrir se sua afinidade vai além de um hobby ou interesse específico e que ele de fato tem as competências necessárias (e a vontade) para administrar o tipo de franquia escolhido. Afinal, estamos falando de negócios e do seu dinheiro.

Fique atento também nos aspectos práticos do negócio, como valores de investimento, estimativa de faturamento, contratos de franquia e de aluguel do ponto comercial (se for o caso).

Dessa forma, ajudando com os aspectos práticos e ao mesmo tempo respeitando a vontade de quem irá gerenciar o negócio no dia-a-dia, você estará fazendo um bem ao seu familiar e a si mesmo.

Acredite em mim, conheço casos de pessoas que comprar uma franquia para alguém da família e o resultado foi desastroso.

E isso acontece quase sempre pois três razões:

  1. O familiar que vai operar o negócio não tem real interesse em administrar o negócio;
  2. O familiar que vai operar o negócio,  escolheu a franquia com base num hobby ou interesse prazeroso e achou que administrar o negócio seria tão bom quanto lazer;
  3. O financiador da empreitada impôs uma determinada franquia ao familiar, sem se importar se era nessa franquia que ele realmente gostaria de trabalhar.

Não caia em nenhuma dessas ciladas e as coisas ficarão bem!

 

3. Procuro uma franquia para ser uma fonte adicional de renda

Para simplificar, todos aqueles que querem uma franquia apenas para completar a renda vou chamar de franqueados investidores.

O franqueado investidor é aquele que não pretende dedicar a maior parte do seu tempo ao negócio.

Normalmente, ou ele tem um emprego, ou já empresário ou ainda, simplesmente pode se dar ao luxo de contratar pessoas qualificadas para tocar a maior parte do dia a dia do negócio.

A abordagem para escolher a melhor franquia para quem é investidor, deverá ser um pouco mais racional do que aquela de quem procura uma franquia para trabalhar diretamente no negócio, ou que busca uma franquia para familiares.

Não que o franqueado investidor deva abrir em uma franquia em um segmento que não gosta.

Entretanto, alguns aspectos práticos devem ser observados.

 

ba-instinto-empreendedor

 

A franquia comporta em sua estrutura alguém de nível gerencial para tocar o dia a dia da operação

Esse ponto é fundamental e muitas vezes é o primeiro a ser negligenciado, inclusive por pessoas que já tem experiência empresarial.

A vasta maioria das franquias não tem faturamento suficiente para que se tenha no quadro uma pessoa qualificada para gerenciar o negócio.

Quando me refiro a pessoa qualificada, não estou falando do que comumente se encontra em muitas lojas de varejo: Alguém com o título de gerente e que é remunerado com R$300 a mais do que qualquer outro funcionário da franquia.

Se você vai delegar a completa administração da loja vai precisar de mais do que isso. E é aí que mora o problema.

Muitas vezes o salário dessa pessoa reduzirá muito a rentabilidade do negócio.

Aliás, é importante que o franqueado investidor saiba: a maioria das franquias foi “desenhada” esperando que o franqueado participasse do dia a dia da operação.

 

Portanto, se você está pensando em investir R$ 200 mil em uma franquia, colocar um gerente que vai cuidar de absolutamente tudo para você e você se encarregará de passar na franquia uma vez por semana para retirar o dinheiro, esqueça.

Claro que franquias com investimentos maiores, digamos com investimento na casa dos R$500 mil para cima, deveriam gerar faturamento suficiente para que você contrate um bom gerente para administrar a loja.

Mesmo assim, fique atento. Por melhor que seja seu gerente, provavelmente você terá que investir algum tempo (e não só dinheiro) para que as coisas realmente aconteçam conforme o esperado.

 

Franqueado multi-unidade e multifranqueado

Outra forma de crescer como investidor no mercado de franquias, diferente da franquia de alto investimento, é através da abertura de mais de uma unidade de franquia.

No Brasil, existem casos de franqueado com mais de 100 unidades de uma mesma marca de franquia.

franquias-multiplas

Aliás essa é uma tendência, lá fora existem grupos empresariais que operam franquias com centenas de unidades, inclusive com aporte de capital de fundos de investimento.

Dentro dessa estratégia, o franqueado, tendo mais de uma unidade, poderá compartilhar seu gerente e atividades de back office, criando uma estrutura que tenha mais senioridade para administrar as franquias e dividindo esse custo entre múltiplas unidades.

Para quem pretende traçar esse caminho, é importante escolher bem a franquia que irá participar e estar atentos  Existem territórios disponíveis  que não sejam muito distantes para que possa ser realizada essa expansão? O franqueador enxerga com bons olhos essa estratégia?

Existem franqueados que decidem investir em várias lojas de uma mesma rede e outros, que decidem diversificar, abrindo lojas de múltiplas franquias.

Meu conselho é: tenha foco. No mínimo abra algumas unidades de uma mesma marca de franquia para depois pensar em abrir franquias de uma marca diferente.

Você ganhará em sinergia e como falei, será mais fácil para compartilhar a estrutura de gestão dessas unidades.

 

A franquia lhe permite abrir mais de unidade da marca, caso assim você decida?

Eu sei que pode parecer estranho para quem não é do mercado entretanto apesar de ser ser uma minoria, existem marcas de franquia que não permitem que um franqueado tenha diversas unidades.

Existem ainda, aqueles franqueadores que permitem ao franqueado ter mais de uma unidade mas que, determina um limite.

Nada contra entretanto, você como investir, precisa mensurar seu apetite pelo negócio.

Dependo do cenário, do ponto de vista de investidor, um negócio só faz sentido com múltiplas unidades de franquia e não apenas com uma ou duas.

 

O que acontece se eu quiser vender minha franquia?

Todo contrato de franquia tem cláusulas específicas que preveem a saída do negócio.

Para quem quer investir com uma franquia e não dependerá dela como fonte principal de renda, é importante entender o que acontece, caso o investidor decida vender a franquia para se capitalizar ou para buscar um investimento com maior liquidez.

 

franquia-sair

 

Apesar da franquia ser um investimento de longo prazo e os contratos de franquia durarem normalmente 5 anos e eu não recomendar a ninguém entrar em uma franquia com o objetivo de vendê-la antes do encerramento do contrato, caso isso ocorra o investidor deverá estar atento a alguns detalhes como:

  • Existe preferência por parte do franqueador na compra da unidade. Se sim, quais são as regras para determinar o valor da franquia?
  • Existe cobrança de multa no caso do encerramento? Qual o valor da multa?
  • No caso de venda da franquia para um terceiro, existem taxas que serão cobradas pela franqueadora de você ou do novo franqueado . Essas taxas podem inviabilizar o negócio?
  • E finalmente um ponto crucial que está relacionado ao contrato de aluguel do ponto comercial onde está instalada a franquia, principalmente no contratos de aluguel com shopping centers: No contrato de aluguel do imóvel, existe alguma cláusula que impeça a transferência do aluguel para um terceiro ou na transferência, será cobrado alguma taxa ou multa?

 

Conclusão

Independente do objetivo que você tenha para empreender, a certeza é que você encontrará boas opções para serem exploradas no mercado de franquias.

E, se você procurar de forma inteligente a melhor franquia que encaixa no seu perfil, não ficará perdido na vasta imensidão de marcas de franquias disponíveis.

Com os devidos cuidados e com a devida dedicação, uma boa franquia é garantia de bons negócios!. 

FranquiAZ
FranquiAZ
Consultoria especializada em Expansão (atendimento dos investidores, apresentação e negociação das franquias); Eventos de prospecção de investidores; Divulgação de oportunidades de negócios; Suporte de identidade visual, marketing e comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CANSADO DE CONTEÚDOS SUPERFICIAIS?

Receba conteúdos e materiais REALMENTE ÚTEIS sobre franquias

Fique tranquilo, não faremos SPAM e nem venderemos seu email.