13,5 dicas para escolher uma franquia lucrativa mesmo na crise

Franquia Lucrativa

Quer abrir sua franquia lucrativa? Está morrendo de medo do fantasma da crise?

Se esse é seu caso, saiba que não está sozinho.

Muitas pessoas têm me procurado com interesse em abrir franquias, seja como investimento, seja para se livrar do chefe ou porque perdeu seu emprego.

Em comum, todas têm preocupação (e com razão) em abrir um negócio no meio de uma crise econômica e política que paira sobre nosso país que se movimenta a passos de tartaruga para sair do atoleiro.

Embora não exista uma receita mágica para abrir uma franquia de sucesso, separei algumas dicas que vão contribuir para que você encontre uma franquia lucrativa mesmo na crise!

 

1 – Pesquise como está o mercado não só para o produto ou serviço mas também para o perfil de cliente da franquia

Melhores Franquias para 2017 - Sapatilhas

Muitas vezes as pessoas procuram saber como está performance de um determinado segmento porém, se esquecem que não basta olhar para o produto ou segmento mas sim, para nicho de mercado que o negócio está inserido.

Por exemplo, você pode estar olhando para o segmento de mercado de sapatos femininos e chegar à conclusão de que as mulheres não estão comprando tantos sapatos quanto compravam antes.

Enquanto isso,  posso citar o exemplo de uma franquia que foca na venda de sapatilhas femininas de preços baixos, no varejo e atacado, e que está lucrando com a onda do aumento do consumo de produtos mais baratos.

Ou seja, o segmento é de calçados femininos porém o nicho de mercado está em alta mesmo na crise!

 

2 – Saiba o que o franqueador está fazendo na crise

Pergunte ao franqueador o que ele fez ou está fazendo para minimizar o impacto da crise no seu negócio.

Se a resposta não for convincente, procure outra franquia.

Nessa crise, não fazer nada, simplesmente não é uma opção.

 

3 – Descubra como estão as vendas, exatamente agora

A melhor forma de entender qual é a performance de uma franquia é falando com quem é franqueado da rede.

Para entender se a franquia é lucrativa, converse com alguns deles e depois de estabelecer um certo nível de confiança pergunte:

“Gostaria de saber se os lucros da franquia são aqueles que o franqueador está me falando.. Quanto sua franquia deixou de lucro no último mês?”

 

4 – Aposte para um horizonte de médio prazo

Eu sei que você quer ter lucro o quanto antes possível e não quer esperar a crise passar.

O fato é que com crise ou sem crise, franquia é um negócio que leva certo tempo para maturar.

Pode apostar que, durante a crise, esse tempo de “maturação” tem boas chances de ser maior portanto, prepare-se para exercitar a paciência.

 

5 – Não gaste todo seu capital na franquia

capital-na-franquia

Se puder, não coloque todos os ovos em uma cesta só.

Em tempos de crise como esse, é uma ideia interessante investir em uma franquia e ainda manter uma sobra de capital para qualquer eventualidade.

Eu te garanto, você dormirá mais tranquilo todas as noites.

 

6 – Não faça dívidas para investir

Antes de mais nada, quero deixar bem claro: não sou contra dívidas. Pelo contrário.

Se a dívida é gerenciável e for contraída para investir em algo que proporcione retorno financeiro adequado, elas podem ser o caminho para realizar seu negócio.

Dito isso, em 2017, não faça dívidas para investir.

A imprevisibilidade do retorno no curto prazo irá tirar seu sono.

 

7 – Busque um negócio que possa crescer nele

Em muitos casos, ter apenas uma unidade de franquia, não trará o retorno que você ambiciona ter como empresário.

Portanto, busque negócios onde você visualize potencial para abrir mais de uma unidade.

Assim, quando outras crises vierem, você estará mais forte para enfrentá-las.

Melhor do que uma franquia lucrativa, são duas franquias lucrativas (ou mais).

 

8 – Os atuais franqueados apostam na marca?

Para saber a resposta verdadeira a essa pergunta, basta verificar quantos franqueado da rede possuem mais de uma unidade.

Obviamente, quanto maior o número de franqueados com múltiplas unidades melhor.

Esse é um sinal claro que a franquia é lucrativa!

Como explicado no tópico anterior, ter mais de 1 unidade de franquia é uma excelente ideia para minimizar seus riscos e aumentar seu potencial de ganho.

 

Aprenda tudo aquilo que ninguém lhe conta sobre Franquias

 

9 – Busque uma franquia que tem produtos ou serviços de preços baixos

Produtos ou serviços de baixo custo tem ganhado mercado durante a crise.

Lembre-se que a classe média sofre bastante em uma crise.

Ela portanto passa a consumir produtos de preço mais baixo que evitava consumir antes da crise.

Enquanto isso, as classes mais baixas continuam a consumir os produtos de preço baixo que já estavam acostumadas a consumir em situações “normais”.

 

10 – Busque uma franquia que tem produtos ou serviços para elite, ou seja, de alto preço e alta margem

O ditado popular diz que para os ricos não tem crise.

De certa forma isso é verdade.

Mesmo durante a crise, os mais ricos não não mudam seu padrão de consumo portanto, continuaram a consumir produtos e serviços realmente premium e diferenciados.

Traduzindo: lucratividade para seu bolso!

Obs.: Não pense que estou contradizendo o que acabei de falar na dica anterior.

O fato é que em uma crise, quem está no meio do caminho, normalmente fica a deriva portanto, é preferível marcas que tenham o posicionamento bem definido: seja ela voltada para o mercado de “luxo” ou voltada para o preço baixo.

 

11 – Faça as contas de maneira inteligente para evitar surpresas desagradáveis

Trace um cenário financeiro com 25% a menos de vendas do que o franqueador está lhe dizendo durante os primeiros 12 meses (que acredito ser o tempo que a crise de ira durar).

Veja como ficam as despesas nesse cenário e quanto sobra de lucro.

Caso esse cenário se materialize, quais os cortes você deveria fazer ?

Ainda é suficiente para você? Você consegue manter o negócio até que ele se estabilize?

 

12 – Pechinche no aluguel

Aluguel é uma das maiores despesas de um negócio e influenciará a lucratividade da sua franquia por vários anos a seguir portanto, pechinche!

Quando achar que já espremeu tudo que podia do locador, pechinche mais um pouco.

Use a história da crise a seu favor.

Lembre-se que o aluguel é um contrato de longo prazo e difícil de renegociar,  portanto uma boa negociação beneficiará seu negócio e a lucratividade futura da franquia.

 

13 –  Venda dinheiro

Fique tranquilo ainda não enlouqueci!

Quando falou em vender dinheiro quero dizer, trazer soluções que economizem o dinheiro (ou tempo) de seus clientes.

Isso é válido principalmente para franquias que vendem produtos ou serviços para outros negócios (franquias B2B).

Franquias que vendem produtos e serviços que tragam soluções para economizar recursos, fazem total sentido numa crise.

 

13,5 – Se quiser retorno imediato,  não invista em uma franquia

É preciso ficar claro que uma franquia não é uma aposta de curto prazo.

Não é à toa que os contratos de franquias são geralmente de cinco anos.

Por isso, avalie se você consegue sobreviver durante a crise e, principalmente, se você estará pronto para lucrar mais assim que a crise passar

 

checklist-ponto-comercial-banner

Diego Simioni
Diego Simioni
Empreendedor, CEO do FranquiaZ e nas horas vagas caçador de oportunidades de negócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CANSADO DE CONTEÚDOS SUPERFICIAIS?

Receba conteúdos e materiais REALMENTE ÚTEIS sobre franquias

Fique tranquilo, não faremos SPAM e nem venderemos seu email.